Safra 2020 e os mercados crescentes foram o assunto do 2º dia de FEMAGRI

14.02.2020

Diretores da Cooxupé falaram com a imprensa na manhã de ontem (13) durante a 19ª Femagri.

Em coletiva de imprensa realizada na 19ª FEMAGRI – Feira de Máquinas, Implementos e Insumos Agrícolas, a diretoria da Cooxupé (Cooperativa Regional de Cafeicultores em Guaxupé) falou sobre a previsão de safra para 2020.

Considerando a bienalidade alta, a cooperativa estima que o recebimento deve ser de 6,8 milhões de sacas, entre cooperados e terceiros. Sobre os embarques, a expectativa é de 5,9 milhões de sacas, das quais 5,036 mi devem ser para exportação. 

“É uma safra boa, porém não acreditamos que será maior que a de 2018. Posso adiantar que 40% dessa safra já está vendida por meio de contratos futuros”, disse o presidente da Cooxupé, Carlos Augusto Rodrigues de Melo. 

Sobre os mercados alcançados pelo café Cooxupé, Carlos Augusto destacou os países asiáticos e o Oriente Médio. “Os países árabes foram uma grata surpresa para nós, com crescimento de demanda naquela região”, destacou Carlos Augusto. 

Tecnologia

Em relação a qualificação necessária para o emprego das novas tecnologias nas lavouras de café, a diretoria da Cooxupé destacou a necessidade dos produtores de café se aprimorarem para aumentar produtividade e consequentemente a renda. “É um cenário que não retrocede. A tecnologia está cada vez mais presente na realidade do cafeicultor e é preciso se qualificar para otimizar os recursos disponíveis”, disse o vice-presidente Osvaldo Bachião Filho.

A FEMAGRI segue até esta sexta, 14 de fevereiro, das 08h às 18h. A entrada é franca. Mais de 30 mil produtores são esperados na edição 2020.

Foto: Divulgação

Compartilhar

Fonte - Portal da Cidade de Guaxupé Autor -

Solicitar Musica

UF

MG

  • AC

  • AL

  • AP

  • AM

  • BA

  • CE

  • DF

  • ES

  • GO

  • MA

  • MT

  • MS

  • MG

  • PA

  • PB

  • PR

  • PE

  • PI

  • RJ

  • RN

  • RS

  • RO

  • RR

  • SC

  • SP

  • SE

  • TO